quarta-feira, 16 de março de 2011

Mensagem de Lady Nada


Vocês já pensou sobre a origem da palavra ritual?

Olhe a palavra “Espiritual” e veja se decifra o berço de ritual. Não é obvio que seja derivada da palavra espiritual?
Ritual é o aspecto enfático de espiritual. Deveria fazer todo sentido para você que todos os rituais fossem baseados no “Espírito”. Com “espírito” quero dizer o Espirito Santo.

Rituais são cerimonias em seu modo de ser. Existe uma conotação religiosa ligada a palavra e por isso se tornou necessária em muitas práticas religiosas trazendo assim uma conexão com Deus mais próxima.

A realidade é que o homem tem sido condicionado a usar rituais mecanicamente sem levar em conta o verdadeiro significado e implicação. Rituais são usados em demasia e adicionam pouco valor. Eles simplesmente alimentam o ego do homem que quando se engajam nessas práticas sentem uma sensação de satisfação por terem chegado a expectativa de Deus. Eles se seguram firmemente a crença de que rituais os conduzirão a construção da ponte entre eles e Deus, porque eles veem Deus estando fora deles mesmos.

A novidade que tenho para esses de vocês, os quais as religiões a que pertencem exigem rituais, sob a crença de serem exigências de Deus, é que não existem exigências de rituais especiais para se aproximarem dele. Ele simplesmente pede que você tenha a intenção de desenvolver uma relação e uma ação da intenção embora sendo uma silenciosa conexão em seu interior. Não é necessário segurar qualquer objeto ou cantar mantras ou sentar em uma posição especial.

Você deve enterrar o pensamento e o errôneo paradigma de que você deve se ajoelhar, juntar suas mãos e rezar nesta posição ou fazer reverências ou qualquer outra coisa que lhe foi ensinada através de sua religião se não Deus não lhe escuta e lhe pune. Vocês colocam muita ênfase em práticas com palavras. Deus é espírito e requer somente a comunhão silenciosa de sua mente interior para fazer a conexão espiritual.

Aqueles que seguem e trabalham para a Luz em tudo não existe a necessidade de seguir nenhum ritual específico para ser espiritual. Seu ritual diário deve ser de viver a vida da Luz a qual é a essência do espírito. Isso meramente requer que a todo momento as ações sejam positivas, reflexo dos valores de Deus e virtudes abraçadas pelo âmago do seu espirito. A energia da luz está dentro de cada um e sua habilidade de acessar essa luz deve ser o seu esforço diário, para que essa luz seja o fogo ritualístico o qual a chama você abana para manter a sua frequência mais alta.

Existem muitos chamados xamans, médiuns e pastores voodoo por aí a fora engajados em rituais em nome do espirito, ainda que as praticas deles sejam moldadas em energias escuras. A presença de espíritos escuros é grande em seu reino de existência e vocês devem discernir quais rituais usar em nome do espírito.

Quaisquer rituais usados que infrinjam ou violem o livre arbítrio do outro estão em contrariedade com as leis de Deus. Qualquer ritual praticado que traga dano a outro, seja físico, mental ou emocional viola as leis de Deus.

É espiritualmente sem ética colorir suas praticas com pinceladas escuras de rituais anticristo. Isso subverte a essência do verdadeiro espírito que vive dentro de você e dos outros. Quando prejudica outros através de seus rituais impensados você permite que uma resposta cármica flua e ela chegará até você em algum ponto.

Vocês que são ignorantes das leis de Deus nunca entenderam a implicação da causa e Efeito. Na qual o que você impõe a alguém é o efeito de sua ação, a Causa. Você não vê que o mesmo Efeito se torna a Causa que irá com o tempo criar seu sofrimento cármico (O Efeito)?

Um exemplo fácil é que você colhe o que semeia. Aquilo que você semeou de escuridão produzirá somente escuridão para você. A fruta da escuridão é perigosa para o seu espirito, pois é um obstáculo a sua ascensão espiritual.

Afirmações não são rituais então não os confunda. Afirmações de uma dimensão positiva são um apelo a sua maior psique, a psique de sua alma, a qual em retorno influencia sua mente consciente se espelhando em suas crenças e praticas.

Afirmações diárias cultivam um ambiente no interior da sua construção psicológica e eventualmente você se torna essas afirmações. Depois de um tempo você notará que as usará com menor frequência, pois chegará a um ponto no qual você se torna condicionado e não precisará mais recitá-las.

Rituais criam dependência sem nenhum valor verdadeiro ser adicionado. Ele não acrescenta cultura ao espirito, mas faz crer que sem ele ninguém pode se conectar com o espirito ou ser o que todos são – Espirituais.

Rituais contextualizam pela aparência superficial do espírito, refletido nos atos daqueles que desejam criar uma falsa soberania do espirito pelo controle de outros, denunciando a ausência de estima espiritual deles.

O homem não compreendeu a relevância e importância do “ritual” dentro do domínio da espiritualidade. Suas vidas devem ser de dedicação ao espírito através de uma rotina ou ritual de contínua comunhão com o Deus encarnado. É a comunhão consciente de todo momento com o espírito dentro de nós que cria um ritual levando a uma personificação do espírito, a chave para a descoberta e sustentação do se eu espiritual.

Eu Sou Lady Nada

Nenhum comentário:

Postar um comentário